Ler documentos de texto longos e densos pode ser uma tarefa árdua para os alunos. Documentos bem estruturados ajudam os alunos a organizar e processar conteúdo.

Mais sobre como escrever mantendo a acessibilidade em mente


Cabeçalhos

Ao usar cabeçalhos em seus estilos de documento, é possível desenvolver seções e subseções. Os cabeçalhos podem ajudar os alunos a navegar e compreender o conteúdo e são essenciais para leitores de tela.

Use os estilos de cabeçalho predefinidos em seu software de processamento de textos.

Escolha sempre "Título 1" para cabeçalhos de nível 1, "Título 2" para cabeçalhos de seção, "Título 3" para cabeçalhos de subseção, e assim por diante. A opção "Normal" é usada para parágrafos.


Texto alternativo para imagens

Já que muitos documentos incluem imagens, é importante que essas imagens contenham descrições alternativas.

Adicione o texto alternativo em seu software de processamento de textos.

O Microsoft Word tem dois campos para texto, Título e Descrição. Digite o texto alternativo na caixa Descrição para que, ao converter documentos do Word em PDF ou HTML, o texto alternativo seja convertido para o mesmo formato. Os títulos não são convertidos em outros formatos, ou seja, será necessário inseri-los novamente no novo formato.


Links descritivos

É importante criar seus links descritivos. Cada link deve descrever o que o usuário encontrará ao selecioná-lo.

Adicione links descritivos em seu software de processamento de textos.


Listas

Listas criadas adequadamente informam aos usuários de leitor de tela quantos itens existem na lista com marcadores.

Use as listas predefinidas de seu software de processamento de textos.


Cabeçalhos de tabelas

O uso de tabelas em seus documentos pode ser uma ótima maneira de ajudar na organização de informações complexas para os alunos. Para ter certeza de que as tabelas serão eficazes e acessíveis, no entanto, você só deve usá-las para dados, e não em layouts visuais. Adicionar cabeçalhos em suas tabelas melhora a forma com que seus alunos navegam por elas, especialmente se eles utilizam um leitor de tela.

Adicione cabeçalhos de tabelas em seu software de processamento de textos.


Verificador de acessibilidade da Microsoft

É um ótimo recurso para ajudar a identificar e reparar problemas de acessibilidade. Em Ferramentas, selecione Verificar acessibilidade.

Mais sobre o Verificador de acessibilidade


Tornar documentos PDF acessíveis

Embora manter seu conteúdo no arquivo da fonte original seja a melhor maneira de garantir que o documento permaneça acessível, muitos instrutores preferem exportar seus documentos e apresentações como arquivos no formato de documento portátil (PDF).

PDF é um formato de arquivo aberto padrão que apresenta o conteúdo de maneira consistente. Não importa se você vai imprimir ou visualizá-lo em um dispositivo. A formatação continua a mesma.

Ao exportar um arquivo como PDF, é importante verificar as configurações de exportação para garantir que o PDF receba tags. Um PDF com tags utiliza tags e elementos – como citação em bloco, parágrafo e cabeçalhos – para dar sentido a uma página. Eles auxiliam usuários de leitores de tela com boa estrutura de conteúdo. Isso traz a certeza de que o PDF será fácil de navegar.

Salve documentos como PDFs com tags

  1. Comece com um documento de texto que seja acessível.
  2. Salve o documento como um PDF acessível.
    • Microsoft Word: Selecione Arquivo e Salvar como. Selecione PDF no menu Formato do arquivo. Selecione Melhor para distribuição eletrônica e acessibilidade e Exportar. Para saber mais, consulte Salvar um documento do Word como um PDF acessível.

      Não use a opção Imprimir em PDF.

    • LibreOffice Writer e Impress: Selecione Arquivo e Exportar como PDF. Selecione PDF com tags (adicionar estrutura de documento) e Exportar marcadores em Opções do PDF. Selecione Exportar.

Criar PDFs acessíveis com o Adobe Acrobat

Caso você tenha o Adobe Acrobat, é possível criar PDFs acessíveis, além de escanear PDFs existentes para garantir que eles sejam  acessíveis. 

Mais sobre criar PDFs acessíveis com o Adobe Acrobat