Estas informações só se aplicam à experiência Ultra.

Aqui, você encontrará os tópicos e perguntas mais importantes sobre a integração do Microsoft Teams com o Blackboard.

O que a integração fornece?

Os instrutores do curso podem sincronizar os dados de associação do Learn para o Microsoft Active Directory e criar automaticamente uma aula no Teams. Os alunos do curso Ultra serão matriculados automaticamente na aula no Teams. O instrutor pode Ativar a equipe para permitir que os alunos possam acessá-la e iniciar a aula no Teams dentro do curso Ultra, no menu Detalhes e Ações.


Quem e quais funções podem usar essa integração?

Todos os clientes Blackboard usando o Software como serviço Blackboard Learn v3900.19.0 ou acima, com a experiência Ultra ativada, podem usar essa integração. Essa integração foi criada especificamente para cursos Ultra apenas e requer que uma instituição tenha uma licença Microsoft Education com Microsoft Teams for Education ativada. A Blackboard adicionou uma nova licença para dar suporte à configuração das aulas do Teams. Isso é dado à função de instrutor do sistema principal por padrão. A licença está em:

Conteúdo programático do curso/organização > Microsoft Teams > Configuração

Embora essa licença possa ser dada a qualquer função personalizada para habilitar a criação da equipe, todos os cursos devem ter uma função completa de instrutor inscrito para criar a equipe Microsoft em seu locatário.


Quais são os requisitos mínimos para essa integração?

  • Ambiente de software como serviço Blackboard Learn executando a versão v3900.19.0 ou acima.
  • Ultraexperiência Blackboard Learn ativada.
  • Cursos do Blackboard Learn Ultra.
  • Licença Microsoft Education with Teams for Education ativada.
  • Códigos de locatário da Microsoft para teste e produção (O código de locatário para teste é recomendado para os clientes que desejam testar em seu Teste ou Instância de preparação do Learn).
  • Configuração do e-mail da instituição.

Essa integração afetará as integrações existentes do Microsoft Teams?

Essa integração é independente de qualquer integração Microsoft Teams existente configurada pela instituição. Se um cliente tiver o agendador LTI do Microsoft Teams existente integrado em sua instância Blackboard Learn, isso não será afetado, devido a como a nova integração de classes do Teams foi criada. Se um cliente tiver uma configuração mais complexa com o Microsoft Teams dentro de seu Microsoft Azure Active Directory*, é recomendado que você entre em contato com sua equipe de contas da Microsoft para obter orientação ou preencha o formulário de matrícula correspondente.

*Por exemplo, se ele já criar um grupo M365 dentro do Microsoft School Data Sync ou por meio das APIs de gráfico.


Por que você precisa do código de locatário da Microsoft?

O Código de locatário da Microsoft é o identificador exclusivo usado entre o Blackboard Learn e o Microsoft Azure Active Directory. Os dados no Learn serão sincronizados especificamente com seu locatário, de modo que os usuários, cursos e as informações de associação possam ser associados com sucesso. Para testar a integração em sua instância de teste e preparação do Blackboard Learn, recomendamos usar um Código de locatário de teste da Microsoft para esse processo, em vez de seu Código de locatário de produção da Microsoft. Nunca use seu código de locatário de produção para testes. Se você não tiver um locatário Microsoft teste, entre em contato com sua Microsoft de contas para solicitá-la em seu contrato de licença institucional.


Onde os dados são armazenados para essa integração?

Todos os dados são protegidos e usados conforme os acordos existentes da Blackboard e da Microsoft com a sua instituição e as leis de privacidade aplicáveis. Você pode obter mais informações sobre nossas práticas de privacidade em nosso Privacy Center. Todos os dados do Learn e os dados de integração relacionados continuarão sendo hospedados em sua região AWS e sujeitas às proteções de privacidade e segurança existentes empregadas pela Blackboard e pela Amazon para seus dados do Learn. Todos os dados específicos da integração do Teams são gerenciados e mantidos pela Microsoft como parte de seu locatário e mantidos na região específica associada a eles.


Essa integração funcionará no AWS GovCloud?

Essa integração não está disponível para clientes Blackboard que estão hospedados atualmente fora do AWS GovCloud devido a restrições de dados. À medida que continuamos a aprimorar e atualizar componentes principais dessa integração nos próximos meses, nosso foco será trazer suporte para a AWS GovCloud em 2022.


Quais são os requisitos de permissão para essa integração?

A integração foi arquitetada para aproveitar os APIs de gráfico da Microsoft para criar a aula do Team, mas também para listar, adicionar e atualizar as associações associadas dos grupos para as equipes criadas. Como parte da abordagem de desenvolvimento, a Blackboard trabalhou em estreita colaboração com a equipe de engenharia do Microsoft Graph para obter informações sobre quais seriam as principais recomendações sobre como construir e utilizar as APIs de gráfico, as permissões necessárias e o que o Blackboard deve seguir para sincronizar a associação do Blackboard Learn e os dados do curso.

Estes são alguns dos exemplos voltados ao público das APIs usadas:

Cada uma das APIs de gráficos tem permissão recomendada e tipos de permissão que também se alinham a esta orientação e documento de referência de consentimento exigido disponível na Microsoft. A documentação da Microsoft também foca em quais permissões de "Aplicativo" exigiriam construir uma solução dedicada para interagir com as APIs de gráfico. Embora a lista acima não seja a lista completa e exaustiva de APIs que a integração do Blackboard está chamando, ela oferece uma visão importante sobre como e por que a Blackboard construiu o "Aplicativo Teams" com os níveis de permissões exigidos para que nosso microsserviço chame as APIs, crie a equipe e sincronize os dados de nossa arquitetura multilocatário para o AAD.


Existe uma maneira de desativar recursos específicos nas aulas do Microsoft Teams?

Sim, administradores do Microsoft Teams podem desabilitar e habilitar aplicativos específicos do Teams em um nível global. Para desabilitar recursos específicos como exercícios, notas e informações, por exemplo, gerencie-os no Centro de Administrador do Microsoft Teams e altere-os de "Permitido" para "Bloqueado".

Saiba mais sobre o recurso Microsoft Teams habilitando para Office 365


Como podemos gerenciar as práticas anuais de desistência e arquivamento do curso? Como isso afeta as aulas do Microsoft Teams?

Como parte da evolução dessa integração, o Blackboard criará funcionalidades adicionais para suportar fluxos de trabalho sobre como lidar com desativação, exclusão e arquivamento de cursos Ultra e como eles se relacionam com o Microsoft Teams. Os seguintes testes de uso estão planejados para o desenvolvimento atualmente:

Funcionalidade adicional planejada para a integração do Microsoft Teams
Curso do Blackboard Learn Ultra Aulas do Microsoft Teams
Conclusão do curso Ultra A aula no Teams será arquivada
Mudança de disponibilidade do curso Ultra (disponível para indisponível) A sincronização de dados com a aula no Teams está pausada. Os instrutores ainda podem acessar a aula no Teams pelo Learn Ultra e diretamente via Teams. Os alunos inscritos anteriormente podem continuar a acessar a aula no Teams diretamente pelo Teams.
O instrutor desativa as aulas no Microsoft Teams no curso Ultra Microsoft Teams específicos são afetados por essa mudança e os usuários podem continuar a acessar diretamente do Microsoft Teams. O processo de sincronização automática foi interrompido. Caso o instrutor reabilite a equipe, o processo de sincronização será reabilitado para a equipe existente.
O administrador desativa a integração das aulas do Teams no LMS Nenhum Microsoft Teams é afetado por essa mudança e os usuários podem continuar a acessar diretamente do Microsoft Teams. O processo de sincronização automática foi interrompido.
O administrador reabilita a integração das aulas do Teams no LMS e o instrutor reabilita o curso Caso o administrador opte por reativar a integração das aulas do Teams, nenhum item Teams será desarquivado, mas os cursos permanecerão inativos (processo de sincronização pausado). Se um instrutor reabilitar a integração depois que o administrador habilitar, o curso existente reutilizará a equipe existente que foi originalmente sincronizada com o curso.
Exclusão do curso Ultra A equipe é inserida em um estado de arquivamento e todas as matrículas são removidas com base nas recomendações da Microsoft.

Somos uma instituição com uma única instância do Blackboard Learn e multilocatários da Microsoft. Essa integração funcionará para nós? A integração suporta vários domínios?

A integração atual entre Blackboard Learn Ultra e as aulas do Microsoft Teams depende de uma única instância do Learn suportada por um único código de locatário (mapeamento 1:1) e não suporta vários domínios no momento. Isso é devido à maneira como o Blackboard arquitetou o processo de mapeamento de dados entre a Blackboard e o Microsoft Active Directory e para garantir que nenhum problema de corrupção de dados ocorra com vários locatários. O conceito de oferecer suporte a uma única instância do Blackboard Learn para vários locatários Microsoft (1: N) tem sido discutido e formará atividades futuras de desenvolvimento de estratégias para a Blackboard e a Microsoft.


Quais métodos de integração do SIA são suportados como parte do E-mail da instituição?

Agora disponível para todos os tipos de integração SIA existentes, exceto SIF, o e-mail da instituição é um identificador exclusivo primário para cada usuário que consiste em um prefixo UPN (nome da conta do usuário) e um sufixo UPN (um nome de domínio DNS) unidos por um símbolo de @. Isso cria um endereço de e-mail único para cada usuário específico em um serviço de diretório de dados, permitindo que as instituições gerenciem o processo de sincronização de dados eficazmente entre o Blackboard Learn Ultra e o serviço. Ele é definido por padrão para o E-mail da pessoa em todos os formatos SIA e exige que seja exclusivo para cada pessoa. Todas as integrações existentes, já configuradas e funcionando, vão ter este mapeamento de dados em vigor, já que ocorrerá uma falha no SIA para importar usuários se os respectivos e-mail forem duplicados.

Você pode gerenciá-la a partir das Configurações avançadas do SIA > Tipo de objeto dos usuários Learn  > Mapeamento de campo.

Como parte dessa integração, a Blackboard atualizou o seguinte conjunto de tipos de integração do SIA para suportar o novo mapeamento de campo do E-mail da instituição:

Se atualmente você usa a Estrutura de Interoperabilidade das Escolas (SIF) para a integração do SIA, é possível combinar os tipos de integração, permitindo complementar os requisitos de dados adicionais por meio das APIs REST ou por outro método, como arquivo simples de instantâneo.


Onde posso obter suporte?

O suporte pode ser encontrado em:

Blackboard:

Microsoft: Para assistência de integração, preencha este formulário disponível no site da Microsoft.