Os arquivos de curso são os repositórios de arquivo disponíveis em todos os cursos do Blackboard Learn. No entanto, se o gerenciamento de conteúdo for licenciado pela sua instituição, a Coleção de conteúdo será o repositório de arquivos.

Com os arquivos de curso, os instrutores têm acesso a todos os arquivos para um curso específico, não para outros cursos que eles ensinam. Eles podem mover rapidamente uma grande quantidade de conteúdo dos computadores ou unidades de rede para os arquivos de curso, ou carregar arquivos enquanto criam conteúdo. Podem organizar, visualizar, gerenciar e vincular esses arquivos conforme suas necessidades. Os instrutores podem criar pastas e subpastas nos arquivos de curso para organizar o conteúdo de uma forma que seja lógica para eles.

Os alunos não têm acesso aos arquivos de curso, mas eles podem exibir arquivos vinculados aos arquivos de curso.


Diretório padrão para arquivos de curso

O diretório padrão para os arquivos de curso em cada curso é /courses/COURSEID.

Com a versão 9.1, a Blackboard recomenda usar o diretório /courses para o armazenamento de arquivos de curso. A reutilização dos pacotes do curso funciona perfeitamente com /courses e o sistema armazena e organiza corretamente os arquivos a qualquer momento que os materiais do curso forem reutilizados. Na versão 9.0 e nas anteriores, algumas instituições que licenciam o gerenciamento de conteúdo desativaram a área de armazenamento /courses. O principal motivo é que a remoção ou reciclagem de um curso removia os arquivos do diretório /courses, causando problemas na reutilização do curso.

Os arquivos de curso resolvem este problema. Os usuários podem optar por incluir o conteúdo, não só os links, ao criar um pacote do curso. Quando o conteúdo é incluído, o curso original pode ser removido ou reciclado sem causar efeitos no curso copiado.

Além disso, os arquivos de curso servem como uma solução de armazenamento simplificada. Os instrutores não devem pensar em onde deveriam armazenar o conteúdo do curso. Eles não precisam se preocupar que irão vincular um arquivo ao curso e depois não conseguirão encontrar o arquivo no espaço de armazenamento pessoal. O sistema configura um espaço fácil de encontrar e oferece aos usuários uma visualização direta dos cursos. Além disso, os administradores não devem perder tempo descobrindo como oferecer suporte ao gerenciamento de arquivos dentro do curso para instrutores, porque o sistema faz isso para eles.

Se o gerenciamento de conteúdo for licenciado pela sua instituição e ela decidir usar outro diretório de Coleção de conteúdo, como /institution, para armazenar arquivos relacionados aos cursos, lembre-se de alguns fatores:

  • Quando o instalador da versão 9.1 é executado, o diretório /courses é ativado automaticamente. O administrador deve desativá-lo uma vez que o instalador concluir, antes de permitir que os usuários acessem o sistema.
  • Existem ferramentas para configurar os diretórios padrão, se você não estiver usando /courses. O diretório padrão de cada curso pode ser alterado para apontar para uma parte diferente da coleção de conteúdo. Por exemplo, o diretório padrão para todos os cursos de História pode ser alterado para apontar para /institutions/History Dept/. Neste caso, qualquer arquivo anexado a qualquer curso de História será armazenado no mesmo local. Para alterar o diretório, consulte Como alterar diretórios padrão em Ferramentas da linha de comando dos arquivos de curso.
  • Existem ferramentas para definir permissões nos diretórios padrão. Os diretórios padrão devem ser criados antes que a ferramenta de permissões seja executada. Para saber mais sobre as permissões para os diretórios, consulte Como configurar permissões para diretórios individuais do curso e Como alterar permissões para o diretório /courses em Ferramentas de linha de comando de arquivos de curso.

Permissões exigidas para adicionar conteúdo

Para adicionar conteúdo dos arquivos de curso de um pacote para um diretório de destino usando as operações Restaurar, Copiar ou Importar, o usuário que está executando a operação deve ter permissão de gerenciamento no diretório do curso.

Para incluir o conteúdo dos arquivos de curso em um pacote usando as operações Exportar, Arquivar ou Copiar, o usuário deve ter permissão de gerenciamento no diretório do curso.

Se o gerenciamento de conteúdo for licenciado pela sua instituição, apenas a permissão de leitura será necessária para incluir links ao conteúdo do curso, e a permissão de gerenciamento será necessária para incluir links e cópias do conteúdo do curso. Uma vez que as operações Restaurar, Copiar e Importar exigem que o usuário que realiza a operação tenha a permissão de gerenciamento no diretório do curso, isso pode resultar na inclusão de uma parte, mas não de todo o conteúdo no pacote. Quando as operações de pacote são realizadas por um administrador com a permissão de gerenciamento, todo o conteúdo é incluído.

Para saber mais sobre permissões de usuário e pasta nos Arquivos de curso, consulte Gerenciar permissões em Arquivos de curso.

Para realizar alterações de lote nas permissões de diretório do curso usando a linha de comando, consulte Ferramentas de linha de comando dos arquivos de curso.


Conteúdo incluído ao criar pacotes do curso

Se a sua instituição não licenciar o gerenciamento de conteúdo, todo o conteúdo dos Arquivos de curso dentro do diretório inicial será incluído ao criar pacotes de curso usando as operações Exportar, Arquivar ou Copiar, independentemente de o curso ser ou não vinculado ao conteúdo.

Se a sua instituição licenciar o gerenciamento de conteúdo, os usuários poderão optar por incluir apenas os links para o conteúdo do curso ou os links e cópias do conteúdo. Os links para o conteúdo fora do diretório inicial do curso são incluídos em ambos os casos, mas as cópias desse conteúdo não são incluídas. Os usuários também podem remover arquivos e pastas do pacote.


Conteúdo incluído ao reutilizar pacotes do curso

Quando você reutilizar os pacotes do curso usando as operações Restaurar, Copiar ou Importar, todo o conteúdo do curso é colocado no diretório inicial dos arquivos de curso do novo curso. A estrutura do diretório e os nomes de arquivo do conteúdo dos arquivos de curso original são mantidos, e todos os links no novo curso apontam para o conteúdo do pacote do curso.

Para reutilizar o conteúdo dos arquivos de curso, os usuários devem ter permissão de gerenciamento no diretório inicial dos arquivos de curso.

Quando você reutiliza um pacote que inclui cópias do conteúdo, os links para os arquivos ou pastas incluídos no pacote apontam para os itens do diretório de arquivos de curso do novo curso. Os links para arquivos ou pastas não incluídos no pacote apontam para os itens no diretório arquivos de curso de origem.

A lista Todos os usuários do curso, que inclui alunos, recebe a permissão de leitura em todo o conteúdo dos arquivos de curso vinculados ao curso. Por padrão, as seguintes funções recebem a permissão de gerenciamento em todo o conteúdo dos arquivos de curso:

  • Instrutores
  • Criadores do curso
  • Assistentes de ensino

Estrutura de pastas de arquivos de curso

Ao adicionar o conteúdo de arquivos de curso ao diretório de destino usando as operações Restaurar, Copiar ou Importar, todo o conteúdo dos arquivos de curso é armazenado no diretório de arquivos de curso.

Se o curso ao qual o conteúdo está sendo adicionado atualmente não contém conteúdo e nenhum usuário, o conteúdo é adicionado diretamente ao diretório de arquivos de curso. Se o curso contiver conteúdo ou usuários, o conteúdo será adicionado a uma subpasta nomeada usando o seguinte formato: COURSEID_ImportedContent_DATETIMESTAMP. O conteúdo não deve ser adicionado diretamente à pasta do diretório de arquivos de curso, porque o usuário pode ter criado o conteúdo nesta área e isso pode causar colisões.

A estrutura do diretório de arquivos de curso reflete a estrutura do menu curso, mas um instrutor pode fazer alterações na estrutura de pasta depois que os arquivos são movidos.

Se a sua instituição licenciar o gerenciamento de conteúdo, um administrador selecionará a pasta de destino na Coleção de conteúdo para a qual o conteúdo será movido. Se a pasta de destino for o diretório inicial, o conteúdo é colocado diretamente nessa pasta. Se a pasta de destino for outro local, o conteúdo é colocado em uma subpasta nomeada usando o seguinte formato: COURSEID_ImportedContent_DATETIMESTAMP.

Se um arquivo com o mesmo nome existir na pasta, o nome do arquivo movido é salvo com um número anexado. Por exemplo, Course_Assignment.doc se torna Course_Assignment(1).doc.


Cotas de curso

Ao adicionar o conteúdo de arquivos de curso a um diretório de destino usando as operações Restaurar, Copiar ou Importar, o sistema verifica se existe espaço em disco suficiente para o conteúdo dos arquivos de curso. Se não, um erro é retornado e a operação não é realizada. Você pode aumentar a quota do disco. Para saber mais sobre as configurações de cota, consulte Criação de configurações padrão para cursos.

Para saber mais sobre como definir o tamanho máximo do conteúdo dos Arquivos do curso incluído nos pacotes do curso durante o arquivamento, a importação e a cópia, consulte Definição do tamanho do pacote dos arquivos de curso.

O Blackboard Learn usa vários tipos de armazenamento, incluindo arquivos de curso, armazenamento oculto/privado e armazenamento local. Apenas os arquivos de curso são contados para determinar a quota de um curso. Por exemplo, os anexos a linhas de discussão do grupo de discussão, blogs, diários e wikis são salvos no armazenamento oculto/privado, portanto, não contam para a quota de um curso.


Limite padrão máximo de carregamento

O limite de tamanho padrão para o conteúdo carregado através da interface de usuário é 2.500 MB. Quando tentarem carregar arquivos maiores que 2.5 GB usando a interface, os usuários receberão um erro.

Este limite não se aplica à Pasta de Web ou aos carregamentos do Blackboard Drive.

Mesmo que um arquivo esteja abaixo do limite, a velocidade de conexão entre o navegador do usuário e o servidor do Learn pode criar problemas de tempo esgotado do navegador quando arquivos muito grandes são carregados.

Para carregar arquivos maiores, você pode carregar os arquivos usando a linha de comando ou aumentar a configuração de tamanho padrão.

Para saber mais sobre como carregar arquivos usando a linha de comando, consulte Ferramentas de linha de comando dos arquivos de curso.

Para aumentar o limite padrão do tamanho, altere a propriedade bbconfig.fileupload.max.filesize no arquivo bb-config.properties.

Sobre pastas da web e locais compartilhados (WebDAV)

No Mac, uma pasta da web é chamada de localização compartilhada.

O WebDAV é usado para compartilhar arquivos pela Internet e é compatível com a maioria dos sistemas operacionais. Quando usado com o Blackboard Learn, o WebDAV é uma maneira de o usuário adicionar e acessar o conteúdo nos Arquivos de curso ou na Coleção de conteúdo, como se fosse outra unidade de rede ou pasta no seu computador.

Para os usuários que moveram conteúdo pré-9.1 contendo arquivos HTML, é possível usar uma pasta da web ou localização compartilhada para acessar seus arquivos para edição no programa de sua escolha.

O administrador deve tornar as pastas da web/locais compartilhados disponíveis antes que eles possam ser usados com o Blackboard Learn. Para saber mais sobre o WebDAV, consulte Configuração do WebDAV para pastas da web e locais compartilhados.